+55 11 5643-0611

5 formatos de vídeo para realizar treinamentos corporativos

24/06/2019

A divisão entre o trabalho e a vida pessoal está cada vez mais tênue. Cabem discussões a respeito do aspecto saudável dessa aproximação, quando se pensa, por exemplo, no uso dos aplicativos de mensagens que não desconectam os profissionais das tarefas corporativas. Porém, existem outros fatores que podem ser assimilados de forma muito positiva. Um deles é o vídeo.

Observando as formas de interação nas redes sociais, percebe-se que o vídeo se destaca como veículo importantíssimo na hora de consumir informações. Por isso, a educação corporativa tem utilizado esse recurso para motivar colaboradores e disseminar práticas de T&D. Tudo com baixo custo, uma vez que pode ser reproduzido inúmeras vezes e por tempo determinado pela equipe de Recursos Humanos.

Além disso, há motivos ainda mais específicos para apostar nessa ferramenta. Conheça:

Versatilidade

Para começar, o colaborador – de acordo com a estratégia de acesso ao conteúdo – pode visualizar o vídeo no momento definido por ele mesmo. Também não é necessário ver todo o conteúdo de uma vez, sendo possível pausar e ver novamente para reter o conteúdo e esclarecer dúvidas, levando em consideração o tempo de aprendizado de cada um.

Economia

O custo de criação e execução dos vídeos é menor do que os investimentos para treinamentos presenciais, que baseiam-se pelo número de repetições necessárias para disseminar o conteúdo para todos os funcionários.

Aumenta as taxas de desempenho

Utilizar o vídeo, com a possibilidade de criar roteiros criativos, valorizando estratégias para prender a atenção do espectador, gera mais atração e, portanto, mais aprendizado. O resultado é a apropriação do conteúdo na rotina profissional. 

Porém, você já pensou quais são os principais formatos de vídeo à disposição para trabalhar o desenvolvimento de pessoas? Nós selecionamos as melhores práticas para você já começar a pensar em como aplicar este tipo de treinamento para os colaboradores da sua corporação.

Webséries

Esse é um recurso bem recente, utilizado por diversos segmentos do mercado. Quando transitamos com essa ideia para o campo corporativo, precisamos manter o foco no envolvimento.

Uma websérie é formada por vários capítulos curtos que contam uma determinada narrativa. O objetivo é deixar o espectador interessado em saber a respeito do que ainda será apresentado. Dessa forma, é preciso criar um roteiro que abranja o assunto a ser difundido na empresa, mas sem deixar que o desinteresse atinja os colaboradores.

Outro benefício: ao ser entregue em pílulas, o tempo dedicado ao treinamento não impactará no desempenho dos departamentos.

Vídeo interativo

Ainda mais moderno, esse formato permite protagonismo do colaborador. Trata-se de uma experiência que gera conhecimento a partir da escolha e resultado. Durante a apresentação do treinamento, o funcionário passa por alguns momentos em que é necessário tomar uma decisão. Escolher, por exemplo, qual é a melhor maneira de solucionar determinado conflito e, a partir do caminho selecionado, a narrativa toma sequência independentemente da opção descartada.

Neste modelo, desenvolve-se qualidades importantes: a tomada de decisão, a experiência prática e a interação.

Vídeos animados

É uma ótima opção para retratar processos que caberiam apenas a essa linguagem como conceitos abstratos. Explicações que demandam detalhamentos também podem utilizar do recurso da animação, como gráficos e fluxogramas.

Demonstrações

Uma alternativa para disseminar treinamentos de novos sistemas a serem utilizados na empresa. Uma forma muito mais em conta de compartilhar tais informações, em detrimento, por exemplo, da opção de pagar excedente de horas do fornecedor da nova plataforma para treinar todos os funcionários envolvidos.

Entrevistas

Dependendo da necessidade, apresentar mais de um ponto de vista é importante para complementar o aprendizado e ampliar o horizonte do colaborador. A entrevista cabe exatamente a esse contexto.

Conclusão

O uso do vídeo é uma estratégia acessível e com resultados potentes para otimizar o desempenho dos colaboradores e engajá-los. São diversos formatos disponíveis e, ao testá-los, é possível descobrir qual oferece melhores resultados na sua organização. Pode ser que a descoberta indique que há formatos que performam melhor em determinados departamentos. Assim, a educação corporativa pautada no vídeo é uma forma de produzir conteúdo em um formato customizado, com um custo baixo em relação às outras opções de treinamento.

Precisa de um parceiro para começar a desenvolver os vídeos para os colaboradores? Entre em contato com a Take 5!