+55 11 5643-0611

A importância de uma boa integração de novos colaboradores

10/07/2019

A integração é uma das etapas mais importantes do ingresso de novos colaboradores na empresa. É nela que os profissionais vão adquirir os principais conceitos da corporação, tais quais, missão; valores; regras internas; regras de relacionamento com clientes internos e externos; cultura; e, acima de tudo, aquilo que é certo e o que é errado de ser feito dentro do ambiente de trabalho, ou seja, os valores éticos da empresa.

É por meio da integração que o funcionário se sentirá localizado e, assim, poderá vir a exercer seu ofício mais rapidamente. Nesse processo, o novo colaborador será inserido em sua equipe e passará a entender qual é exatamente seu papel dentro do time em que foi posicionado.

Uma boa integração faz com que a empresa retenha novos talentos e aproveite ao máximo as entregas que um novo profissional é capaz de fazer. Além disso, torna o ambiente de trabalho muito mais positivo, estimulando a criação de times com boa inter-relação entre si. E o mais importante: uma boa integração faz aumentar a produtividade desde o início e forma colaboradores totalmente engajados com as entregas e as metas. 

Mas você sabe quais são as melhores práticas para acelerar a integração? Então vamos conhecê-las:

Fale muito sobre a empresa

É necessário, desde o começo, ensinar aos novos funcionários as informações mais básicas da empresa e demonstrar como elas são usadas na prática, ou seja, no dia-a-dia de cada profissional. Isso vai tornar mais claro o que eles devem esperar e o que a empresa espera deles em troca.

Assim que o colaborador começar a fazer parte da estrutura corporativa, os superiores dele ou o RH devem fazer um passeio com ele pelos principais pontos do escritório e apresentá-lo a todos os colegas de trabalho. Deve ser mostrado a ele os espaços mais importantes que vai utilizar, tais como sua baia ou mesa de trabalho, áreas úteis do ambiente, etc. Já nessa etapa é importante também passar informações sobre a cultura da empresa.

Quando forem ensinados os valores da corporação, a integração pode ser feita por meio de vídeos. O material audiovisual é muito prático, pois padroniza as informações que todos os novos funcionários vão receber e facilita o trabalho do RH, já que não será preciso repetir a cada novo funcionário o mesmo conceito já falado antes. 

Saiba previamente qual é o melhor modo de cada novo colaborador aprender

O funcionário deve aprender na integração qual o papel que vai desempenhar, suas funções práticas e a organização da empresa, mas é preciso saber algumas características do novo colaborador para isso, como por exemplo: se ele aprende melhor por meio de uma apresentação ou exercícios práticos; se ele prefere uma orientação mais próxima durante um dia ou se é mais espontâneo e aprende apenas observando; se ele se sente melhor ao ser apresentado aos novos colegas de trabalho em um grande encontro ou em uma reunião individual.

Apesar dessas informações não constarem nos currículos, uma forma de consegui-las é através do processo de seleção, em uma entrevista de emprego. Ao invés de focar apenas na experiência corporativa, pode-se usar esse tempo para encontrar as respostas dessas perguntas.

Faça um plano com roteiro e atividade para as primeiras semanas

Existem alguns pontos que farão com que os novos colaboradores fiquem mais confortáveis e mais bem inseridos nas atividades da empresa, são eles: saber quais os trabalhos terão que fazer; quando vão começar a, de fato, uma rotina de trabalho prática; e com quem vão trabalhar.

Quanto menos incertezas houver nas cabeças dos novos contratados, melhor será a produtividade e o engajamento deles.

Tenha um plano para acompanhar sempre o novo colaborador

O acompanhamento contínuo é muito importante na integração de cada novo funcionário. O processo de adaptação para uma nova empresa é difícil e, por isso, manter-se ao lado do profissional recém-chegado é muito importante. O gestor precisa ter pelo menos uma conversa por dia com ele para conhecer as dúvidas, motivações e, até mesmo, críticas que possam surgir. Depois de um tempo, essas conversas podem ter o prazo de uma semana para acontecer e, depois, serem mensais. Mas daí é preciso acompanhar a cultura da empresa.

Com isso, você já percebeu que muito trabalho pode ser feito na integração, não é mesmo? Portanto, quando chegarem novos colaboradores, é bom estar o melhor preparado possível para recebê-los. Sua empresa agradece.

 

Quer saber mais sobre o assunto? Entre em contato com a Take 5!