6 cuidados ao escolher uma produtora de vídeo

6 cuidados ao escolher uma produtora de vídeo

novembro 12, 2020 in Educação Corporativa, Treinamento, Vídeo

Como escolher produtora de vídeo

Nos dias de hoje, vídeos bem produzidos se tornaram uma ferramenta poderosa para empresas de todos os portes e setores. São eles que têm maior potencial para fazer a mensagem que precisa ser transmitida chegar ao consumidor e, principalmente, ser bem recebida por ele.

Por isso mesmo, a escolha da empresa que irá produzir seu vídeo é extremamente importante. Afinal, de nada adianta ter uma ferramenta eficaz se ela não puder ser usada para as finalidades a que se destina, que podem ser para explicar um produto ou serviço, divulgar uma novidade, mostrar tutoriais, fazer um perfil da empresa, uma apresentação institucional,  treinamentos, produzir comerciais, comunicação interna e marketing de conteúdo.

Então, resolvemos mostrar a você, frame a frame como explorar as oportunidades que um vídeo pode trazer para gerar os melhores resultados aos negócios da sua empresa. Acomode-se bem e acompanhe!

A importância da escolha de uma produtora de vídeo

Todo mundo conhece aquele ditado: “uma imagem vale mais que mil palavras”. Agora pense na força de imagens combinadas com palavras inspiradoras, certeiras, instigantes e, você saberá por que é tão importante avaliar muito bem na hora de escolher a produtora que irá desenvolver seu material.

Atualmente, vídeos são mais que uma tendência no universo corporativo. São um meio de comunicação e marketing rápido e eficaz. Mas de nada adianta produzir um vídeo qualquer e compartilhá-lo nas redes sociais se não houver retorno sobre o investimento.

Na hora de escolher a produtora de vídeo, lembre-se também que o número de pessoas conectadas pela internet hoje em dia pode fazer o vídeo de sua empresa viralizar nas redes sociais. Para o bem e para o mal, pense em qualidade em primeiro lugar. 

Quais cuidados devo tomar na escolha da produtora de vídeo

Pronto para maratonar a série de cuidados que você deve ter para escolher a produtora de vídeos ideal para ser parceira de sua empresa nesta empreitada? Então vamos lá!

1 – A produtora de vídeo precisa ser especializada no que oferece

Você certamente sabe tudo o que diz respeito aos seus negócios, mas produzir vídeos não é um deles, certo? Por isso, é fundamental contratar uma produtora que ouça com atenção o que sua empresa precisa e ofereça toda a consultoria para resolver com você a duração e o estilo, o tom e o formato do seu vídeo.

Nesse caso, esqueça as produtoras que não estão prontas a fazer nada além do que mostrar uma tabela de preços e deixar para você todas as outras decisões. Ou aquelas que passam um orçamento sem se interessar pelos detalhes do projeto.

O roteiro é outro ponto importantíssimo pelo qual a produtora de vídeo deve se responsabilizar, uma vez que os especialistas são eles, e não você. Funciona como o projeto de uma casa: quem dá a aprovação final ao projeto é o cliente, no caso, você, mas quem faz o projeto são os engenheiros, ou seja, os profissionais da produtora.

Se não houver consenso quanto a esse ponto, não pense duas vezes: dispense a “produtora”, que não deve passar de uma “fazedora de vídeos”.

Por último, fique atento a uma análise subjetiva, mas em nada menos essencial: uma boa produtora deve saber cultivar um excelente relacionamento com o cliente.

2 – Avalie o portfólio da produtora de vídeo

Para analisar a capacitação da produtora, visite seu portfólio on-line e busque sobre os cases desenvolvidos para outros clientes.

A partir disso, avalie: a qualidade do que foi produzido; se a carteira de clientes é composta por marcas de peso; se os vídeos produzidos são em diferentes formatos e linguagens; o grau de criatividade e inovação das produções e assim por diante. Se houver pelo menos um vídeo semelhante ao que a sua empresa quer produzir, melhor ainda para ter uma base.

3 – Informe-se sobre a solidez da produtora de vídeo

Depois de ver o portfólio e saber quem são os clientes da produtora, chegou a hora de avaliar sua solidez, experiência e confiabilidade. Para isso, se possível, busque a opinião de quem já utilizou seus serviços. Além disso, liste tudo que for possível: o site, a apresentação do portfólio, a transparência e a clareza da proposta, a tecnologia que oferece, o lugar onde está sediada, os profissionais que fazem parte da equipe, os equipamentos e entre outros requisitos.

Claro que nada disso pode lhe assegurar que você irá contar com entrega no prazo e um excelente resultado, mas já é um passo para não entrar numa barca furada.

4 – Peça mais de uma proposta e compare-as antes de se decidir

Depois que a fase “peneira” tiver passado, ou seja, que você já tenha descartado as produtoras que não o impressionaram, compare as propostas das que ainda estão disputando a vaga de melhor produtora para sua empresa.

As diferenças que podem existir normalmente acontecem por dois motivos: ou as produtoras têm métodos diferentes de trabalho ou os serviços são semelhantes, mas os níveis de qualidade, não.

No primeiro caso, pode ter havido algum ruído na comunicação: uma entendeu que o vídeo seria produzido para as redes sociais, enquanto a outra pensou que fosse um material de vendas. É muito importante um bom briefing, um termo muito utilizado que significa o seu pedido, a maneira como você explicou o que precisava e pode ser bom assunto para o nosso próximo post.

Nessa hora, a melhor estratégia é abrir o jogo: mostrar para cada uma a proposta da concorrente. Ser direto e pedir uma revisão sobre o que foi solicitado. e perguntar o que acham. Se de fato tiver havido um mal-entendido, peça um novo orçamento à produtora que se equivocou.

Já para avaliar a qualidade de ambas, vamos novamente nos valer da analogia da casa. Você está entre duas opções que estruturalmente são iguais, então o que irá pesar na sua decisão são a localização, os acabamentos, a metragem, a distribuição dos cômodos e por aí vai. Com as produtoras é a mesma coisa.

Avalie os recursos de cada uma e não se decida apenas pela comparação de preços. Economizar nessa hora pode se transformar num péssimo negócio, se a qualidade da entrega for ruim.

5 – Peça o cronograma da produção

Ter o cronograma de trabalho em mãos é fundamental para: avaliar o grau de profissionalismo e organização da produtora; saber se a entrega do vídeo dentro do prazo combinado é viável; e por último, mas não menos importante, acompanhar o andamento do projeto. Lembre-se: se tiver dúvidas, não pense duas vezes: Mas pergunte! 

6 – Considere a satisfação no relacionamento

A produção de um vídeo costuma ser demorada e você não quer correr o risco de precisar se relacionar com pessoas que não o agradam, certo? Então sim, saiba de antemão quem é (ou são) essa(s) pessoa(s) com quem deverá estar em contato para se certificar de que haja uma boa interação entre vocês.

E aí, viu aqui o que precisava saber? Agora, é levar tudo em consideração para estar pronto a contratar a produtora que irá fazer exatamente o vídeo que você espera para sua empresa.

Mas se você ainda tiver dúvidas, não precisa se preocupar. Os especialistas da Take5 podem ajudar sua empresa a ter a melhor das performances no universo dos vídeos. Afinal, depois de tudo, você não vai querer que seu vídeo seja só mais um no meio de milhares de outros para quem navega pela internet, certo? 


 

  • About The Author: User

    More posts by